PCC – A Saga

Gente, conforme prometido, vim contar pra vocês os detalhes sobre (a novela do) meu pcc. No final do post separei algumas dicas pra vcs também ;)

Bem, pra quem não sabe, meu Projeto de Conclusão de Curso (PCC) foi na área da saúde. Mais especificamente peças gráficas sobre instruções de preparo e diluição de medicação intravenosa pro HU/UFSC. Tive +- 10 meses pra concluir, dos quais metade foram “mal aproveitados” por questões burocráticas.

A primeira parte do PCC consistiu na pesquisa teórica, e a segunda parte, no desenvolvimento do projeto com suas justificativas.
No fim das contas,  desenvolvi tudo apesar das burocracias não serem resolvidas.
Quem tiver interesse, pode ver o trabalho completo aqui

A saga

Meu PCC teve um começo bem conturbado. Troquei de orientador faltando menos de 1 mês pra pré-banca/qualificação (na metade do PCC). Tive bastante dificuldade de conseguir outro professor pra me orientar no meio do caminho. Depois disso, meu novo orientador foi muito solícito e presente em todas as etapas.  Me ajudou com toda elaboração, e a tentar conseguir todas as informações necessárias.

Minha maior dificuldade foi com o Comitê de Ética da UFSC. Nunca nenhum aluno do curso de Design da UFSC tinha precisado da aprovação deles pra poder desenvolver nenhum trabalho. Até hoje eles não liberaram meu projeto, hehe. De toda a documentação, o Termo de Consentimento acabou sendo recusado umas 3 ou 4x. Mesmo eu tendo utilizado um modelo de um termo que já havia sido aprovado noutro projeto…
Eu não iria trabalhar diretamente com pacientes, nem com material biológico, nem fotografar ninguém, nem colocar em risco ninguém com a pesquisa. Na verdade, “eu só queria fazer um cartazinho”…

A aprovação no Comitê de Ética era essencial para que as equipes de dentro do HU pudessem me auxiliar com as informações que eu necessitava e para que eu pudesse validar meu projeto em situação real. Porém, essas informações estavam disponíveis na internet, em bancos de dados públicos, e ninguém tinha me avisado (e como eu não sou da área da saúde, também não sabia).

Eu estava em contato com 3 setores do HU, dos quais apenas um se dispôs a ajudar com a pesquisa mesmo antes da aprovação do Comitê. Foram extremamente solícitos e colaborativos. Já os outros dois setores simplesmente se fecharam. Mesmo eu informando que estava no decorrer do processo de aprovação, e que só precisava de informações sobre os medicamentos (informações essas que estavam disponíveis também na internet). Passei por algumas doses de má vontade e grosseria também com os trabalhadores desses outros dois setores.

 

E aí?

Comecei a parte prática do projeto faltando 2 meses pra entrega final, depois de tentar de todas as formas conseguir as informações com o HU (e não conseguir). Ao fim, quem mais me ajudou com as informações da área da saúde foi uma ex-colega, e professora do departamento de enfermagem da UFSC. Todas as informações eu conferi com ela, pedia ajuda pra ela, e perguntava pra ela.

3D Showcase Mockup Template2.pngantes-e-depois-01

No fim, apresentei meu projeto dia 30 de junho, e ganhei 10 com estrelinhas, hehehe. A apresentação que fiz está aqui.
Tive alguns ajustes pra fazer, mas deu tudo certo também.

13450260_1110355869035740_7132923421574519502_n.jpg

A melhor parte da escrita do projeto, sem dúvida, foram os agradecimentos! A melhor parte do projeto como um todo, foi poder trabalhar com um tema que eu queria e estava convicta de querer (mesmo eu tendo passado por muito perrengue) e, claro, ter saído da sala depois da apresentação com a sensação de “nasceu, graças a Deus” e “foi”.

13516602_1121887571215903_2475639818552747014_n.jpg

Dicas

converse com algum professor que vc gostaria que te orientasse pelo menos 1 semestre antes de começar o pcc;
– se vc tem interesse em fazer pós-graduação, tente já aproveitar as linhas de pesquisa pra poder aproveitar melhor seu pcc;
– escolher trabalhar com uma área muito diferente da sua é sempre desafiador, prepare-se pra ler bastante se for esse seu caso;
– se der pra evitar comitê de ética, evite. Cuide o tema vc vai escolher;
– se precisar passar por ele, se programe, pq pode demorar MESES pra aprovar. E você pode precisar fazer várias versões de documentos pra ver se eles aprovam. E a Plataforma Brasil é cheia de detalhe pra preencher (eu levei duas semanas indo 2 ou 3x na semana preencher junto com meu orientador);
– tente não utilizar metodologia de um professor específico do seu departamento, pois se precisar trocar de orientador, isso serve de justificativa pra não quererem te orientar (rsrs);
– tente escolher temas que já tenham bastante publicações, pra facilitar sua pesquisa;
aprenda a fazer sumário automático, tanto se você estiver usando word quanto Indesign (sugiro fazer direto no indesign, se vc manjar);
– vale conferir essa matéria sobre o que esperar do seu orientador tb;
– separe referências legais nos livros que você tiver sobre a temática do seu projeto, elas ajudam bastante com as justificativas;
– um livro que ajudou a justificar muita coisa no meu pcc foi esse aqui (tem na BU);
– tente pegar seus livrinhos pro PCC antes da BU entrar em greve (o que já é bem previsível na UFSC);
– tente usar referências dos últimos 5 anos;
– use o MORE UFSC pra te ajudar a elaborar referências e citações;
– o lance é saber escrever e justificar as escolhas, você pode quase tudo, desde que saiba defender tua ideia (eu fiz matriz de decisão no projeto e no fim escolhi a alternativa com pontuação mais baixa, rsrsrs);
– as vezes você vai perceber que tem pelo menos umas 4 normas e templates e orientações diferentes pra elaborar seu PCC . Escolha uma e keep calm;
– converse com os professores que você tem interesse em chamar pra banca com antecedência;
– tenha muito cuidado com as revisões, sempre que você olhar, vai descobrir mais coisas pra alterar (PCC_V47 diz muito sobre isso…), e jamais salve os arquivos com o nome “xxxx_final”, isso é uma maldição e atrai muitas novas versões;
– separe tempo pra colher assinaturas, levar e buscar papéis, entregar coisas, buscar impressões, etc;
– separe uma graninha extra no mês da apresentação (tipo uns 250 reais, caso todos da banca queiram versão impressa, e vc for fazer algo impresso no pcc).
– faça testes antes da versão final. Geralmente coisa de impressão sempre dá alguma cagada;
–  no dia da apresentação leve pen-drive E notebook, por garantia;
treine a apresentação antes, vc ganha tempo de apresentação se não precisar ficar escolhendo e pensando em palavras específicas lá na hora;
– se você precisar colocar no repositório da UFSC, boa sorte! As vezes é mais chato do que fazer o PCC (eu levei mais de 3h tentando);
– se liga nos prazos dos editais da pós, pq às vezes eles abrem bem na semana da formatura ;)
– não custa lembrar: não deixe as coisas pra última hora (até por que talvez vc esteja envolvido com edital de mestrado e/ou com as questões da formatura).
– não custa lembar também: tenha backup SEMPRE, de preferência em mais de um local.

Tentem se manter calmos (kekeke), mas também saibam aprovar o frio na barriga, que faz parte.

Não percam as cenas dos próximos capítulos com os detalhes sobre a formatura!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s